Pec Pecuária de resultado

Dicas Especiais

Terça-feira, 25 de Novembro de 2014

Doenças Respiratórias

As doenças respiratórias assumem um papel de suma importância em relação aos bovinos, por acometerem um grande número de animais e por serem responsáveis por grandes perdas econômicas. A presença das pneumonias entre os bovinos está ligada à anatomia do aparelho respiratório destes e também à constante exposição aos patógenos. Já os prejuízos econômicos estão relacionados desde ao gasto com medicamentos até a evidente queda de peso e de desempenho dos animais.

As pneumonias se destacam muito durante a época da seca e acometem principalmente os animais jovens e os animais confinados. A transmissão das pneumonias se dá por via aérea ou pelo contato com as secreções de animais contaminados.

Nos bovinos a presença da pneumonia está ligada a um desequilíbrio na tríade que inclui a presença do patógeno (vírus ou bactéria), a baixa imunidade do hospedeiro e os fatores ambientais. Assim sendo, as doenças respiratórias nos bovinos estão frequentemente associadas a quadros de estresse, como mudança de manejo, transporte e alimentação.

Existem vários fatores que predispõe à presença de doenças respiratórias nos bovinos.

  • Bezerros (até 12 meses)
  • Animais confinados
  • Alterações climáticas

As pneumonias em bovinos são causadas principalmente por vírus e bactérias, e em menor número por outros agentes. Entre os vírus mais frequentes temos o Herpesvírus tipo 1 (BHV1), o da Rinotraqueíte Infecciosa Bovina (IBR), o vírus da Diarréia Viral Bovina (BVD), o da Parainfluenza tipo 3 e o vírus Sincicial Bovino (BRSV).

Em geral as bactérias responsáveis pelas pneumonias são endêmicas do trato respiratório dos bovinos, porém alguns fatores, como estresse podem leva-las ao desenvolvimento da infecção.
O diagnóstico das pneumonias está baseado principalmente nos sinais clínicos. Assim como em qualquer outra doença é comum que os animais apresentem sinais sistêmicos e inespecíficos, como febre, depressão, anorexia e letargia.

A real diferenciação da pneumonia de outras possíveis doenças está mais evidenciada nos sinais específicos que ela desencadeia:

  • Corrimento nasal de mucoso a purulento
  • Tosse
  • Dificuldade para respirar

Os exames específicos laboratoriais muitas vezes podem ser utilizados para a confirmação dos casos de pneumonia. Estes incluem exames de sangue, usados para avaliar a possível origem do patógeno, ou então a lavagem traqueobrônquica de forma a se ter um resultado mais específico ainda.

Soluções Biovet

Ciprodez

Sultrinjex

Forteciclin

Forteciclin Plus

Oxitetraciclina 20%

Voltar